Manuais : Manual do SIMP

Manual cedido em parceria com o Ministério Público do Mato Grosso

O presente manual foi cedido juntamente com o SIMP, sendo assim, conforme as modificações forem sendo feitas no SIMP, o manual será atualizado.

O SIMP (Sistema Integrado do Ministério Público) é a principal ferramenta utilizada para o controle dos protocolos judiciais e extrajudiciais não-administrativos que tramitam pela instituição.

Sua amplitude percorre desde a entrada dos processos e sua distribuição, ao provimento de relatórios que permitem aferir a qualidade da atuação da instituição por todo o estado e a tomada de decisões estratégicas.

O acesso é feito através do Portal de Aplicativos. Mais informações sobre a história do sistema podem ser lidas na seçao Sobre o SIMP.

 


 

Para solução de dúvidas e atendimento, são disponibilizados os seguintes canais:

Manual

O manual descreve o objetivo e o passo a passo no uso de cada funcionalidade, além de conter os questionamentos mais frequentes realizados por usuários, cujas respostas podem auxiliar até mesmo os usuários experientes.

O manual está disponível no menu Ajuda do SIMP. Para adicioná-lo aos seus favoritos do seu navegador, aperte Ctrl + D.

Suporte Técnico

Este é o principal ponto de contato do Coordenadoria de Tecnologia da Informação - CTI para a solução de problemas relativos ao SIMP ou não. O Service Desk está capacitado a sanar dúvidas sobre os sistemas da instituição, configurar impressoras e agendar visitas técnicas para corrigir problemas de hardware, entre outros.

A central está disponível no telefone Ramal: 8808 e 8820 e no e-mail simp@mppi.mp.br.

Dúvidas jurídicas

Para o atendimento de questionamentos de cunho jurídico (qual classificação utilizar para determinados feitos, etc) entre em contato com a Coordenadoria de Tecnologia da Informação - CTI através do e-mail tabelasunificadas@mppi.mp.br. Sua dúvida será encaminhada à nossa assessoria jurídica e pode resultar em evoluções e adequações no SIMP.

 


Voltar ao topo desta páginaVoltar ao topo