Manuais : 8.9. Movimentos em Protocolos Não-reclassificados

O Relatório de Movimentos em Protocolos Não-reclassificados existe para complementar o Relatório de Produtividade, pois analisa os movimentos de protocolos registrados antes da implantação do SIMP e que ainda não foram reclassificados.

Em sua maioria, os movimentos evidenciados por este relatório serão audiências judiciais e ciências nos casos em que o processo físico não retorna à promotoria.

Em algumas situações excepcionais, o SIMP permite o lançamento de movimentos em protocolos não-reclassificados. Estas situações estão descritas na página do botão Movimentar.

 


1. Acessando o relatórioVoltar ao topo

Todos os usuários possuem acesso ao Relatório de Movimentos em Protocolos Não-reclassificados, disponível no menu:

 


2. Dúvidas frequentesVoltar ao topo

Quando devo utilizar este relatório?

Em quase todas as situações que o Relatório de Produtividade for utilizado, pois apenas este relatório considera os protocolos não-reclassificados (devido à limitações técnicas).

O que acontece depois que um protocolo é reclassificado?

Depois que o protocolo é reclassificado, os movimentos realizados a partir daquele momento deixam de ser exibidos por este relatório e passam a ser mostrados normalmente no Relatório de Produtividade.

 


3. Filtros disponíveisVoltar ao topo

Os filtros permitem o mesmo nível de controle que a seção de movimentos do Relatório de Produtividade:

  1. Tipo de membro;
  2. Comarca;
  3. Promotoria/Procuradoria: considerar apenas a produtividade de um gabinete específico, independente do membro;
  4. Promotor/Procurador: considerar apenas a produtividade de um membro, independente dos gabinetes em que atuou;

  5. Área: considerar apenas movimentos realizados em protocolos de uma área e também atendimentos cadastrados com esta área;
  6. Natureza: considerar apenas protocolos de uma natureza específica (classificação dos sistemas GEAP e SEAP);
  7. Lista de movimentos: considerar apenas os movimentos escolhidos. Este filtro não tem efeito para as seções de atendimentos e atividades;
  8. Período: para a contabilização de movimentos, o relatório considera apenas movimentos e tramitações realizados durante o período. Para cadastros de atendimentos, o relatório considera apenas atendimentos registrados durante o período especificado;
  9. Layout: o layout analítico detalha os resultados encontrados, enquanto o layout sintético apresenta apenas os totalizadores para os membros e gabinetes escolhidos.

 


4. Emissão do relatórioVoltar ao topo

Ao gerar o relatório, um arquivo PDF é montado. Os resultados são agrupados por:

  1. Comarca;
  2. Promotoria/Procuradoria;
  3. Promotor/Procurador;
  4. Área;
  5. Natureza;
  6. Movimento;

 


Voltar ao topo desta páginaVoltar ao topo